google-site-verification: googlea7d345fe9e2e3355.html
Inicio / Destaques / Cachaça e literatura em ciclo que começa com José Lins do Rego

Cachaça e literatura em ciclo que começa com José Lins do Rego

O aguardenteiro Alípio, contrabandista e simpatizante do bando do cangaceiro Antônio Silvino certamente vai comparecer nessa. Os carros de boi gemendo na festa da colheita da cana no engenho também por lá estarão. Isso porque o professor de Literatura, músico e cachaceiro Maurício Ayer estará à frente do curso online José Lins do Rego e a Cachaça: o engenho e suas margens. É a primeira etapa de um ciclo que vai mostrar como cachaça e literatura formam uma dobradinha reveladora.

Serão três encontros em que a obra daquele que Glauber Rocha chamou de “inventor do Nordeste” será analisada, com foco nas diversas representações que a cachaça assume nos livros do grande paraibano e rubro-negro.

José Lins, tendo como base a sua própria memória de “menino do engenho” e um enorme talento para contar história, traçou um retrato amplo de um momento em que a modernização batia as portas da sociedade agrária na sua Paraíba natal. O primoroso Fogo Morto e o incontornável Menino de Engenho são alguns dos destaques dessa obra permeada pela cana-de-açúcar.

A cachaça necessariamente transita por aquele meio, inclusive com o supracitado Alípio, que nutre profunda antipatia pelo Estado que tenta taxar a cachaça que ele comercializa no sertão.

As cachaças paraibanas com toda a sua agreste vivacidade também serão enfocadas no curso, entremeando sentidos físicos e simbólicos.

Os cursos serão ministrados 100% online nos dias 22, 24 e 25 de setembro, de 20h às 22h. As inscrições podem ser feitas nessa página.

Nos próximos meses, Maurício promove mais dois cursos entremeando cachaça e literatura nos quais o professor vai dialogar com a obra de outros  gigantes da cultura brasileira: Aldir Blanc e Jorge Amado. Inclusive, o devoto que fizer a inscrição para o ciclo completo ganha um descontinho.

Se você é fã de Aldir, como nós, leia esse post sobre a presença da cachaça nos sambas do grande mestre.

Por Dirley Fernandes

Leia mais notícias e informações sobre o setor de cachaça clicando aqui.

Curtiu? Então, vista a camisa do Devotos

Vá a nossa loja e encomende a sua camiseta do Devotos da Cachaça. Assim, você vai estar nos ajudando a levar mais informação sobre cachaça para o Brasil e o mundo. Clique no link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair