google-site-verification: googlea7d345fe9e2e3355.html
Inicio / Destaques / Petiscos preparados com cachaça: clássicos para fazer em casa
Pastel Maria Bonita, da Rota do Acarajé

Petiscos preparados com cachaça: clássicos para fazer em casa

Ok, amigos devotos e amigas devotas, vocês, assim como eu, não estão podendo ir aos seus bares e restaurantes favoritos para saborear aquela cachaça que amansa o peito e acaricia a alma. E, além da cachaça e do abraço dos amigos, também sentem falta daquele aperitivo bacana que é a especialidade da casa. Pois bem, o que de melhor podemos fazer com tempos de isolamento é transformá-lo em tempos de aprendizagem. Então, o Devotos traz para vocês dois petiscos preparados com cachaça que são parte da paisagem de dois templos do nosso destilado – o Galeto Sat’s, no Rio, e a Rota do Acarajé, em São Paulo. De quebra, teremos uma sugestão de sobremesa de lavra própria.

Mãos à obra. Vocês conseguem. É agora ou nunca!

Vamos às duas receitas de petiscos preparados com cachaça. A sobremesa, claro, vem por último.

Sobrecoxa na cachaça do Galeto Sat’s

A receita é da Elaine Rabello, campeã de desfile de fantasias do Baile da Confraria Copo Furado e comandante, ao lado do glorioso Serjão Rabello, do Galeto Sat´s, lar dos cachaceiros do Rio de Janeiro.

As duas casas do Sat´s, em Botafogo e Copabana, estão funcionando para entregas dos melhores galetos da praça, da farofa inigualável e até das sobrecoxinhas mágicas (2266-6266, 2275-6197 e 2543-8841 e via iFood, Uber Eats e Rappi). Mas, desde sua quarentena no litoral do estado, Elaine mandou a receita para quem quiser reproduzir a delícia gastronômica-cachaceira em casa.

Ingredientes:

– 500 g de sobrecoxa desossada e sem pele

– 30 ml de cachaça envelhecida em umburana

– 5 dentes de alho

– 2 folhas de sálvia

– 1 folha de louro

– Sal a gosto

– Pimenta do reino

Modo de fazer:

Amasse alho, sálvia, louro e sal e pimenta. Quando formar uma pasta, misture a cachaça. Passe na sobecoxa e deixe marinar por quatro horas. Leve à churrasqueira na parte alta, como fazemos no Sat’s, ou ao forno, enrolado em papel alumínio.

No forno, após meia hora, retire o papel e deixe dourar por mais cerca de dez minutos.

Segredo da receita: assim que sair do forno, borrife a sobrecoxa com um pouco mais de cachaça e sirva imediatamente. Esse toque vai avivar os sabores e aromas do prato.

Harmonize com uma boa cachaça armazenada em umburana, castanheira ou com um toque de carvalho mais leve (a Guaraciaba Ouro Premium é uma ótima opção; compre aqui..

Pastel Maria Bonita da Rota do Acarajé

A Rota do Acarajé, além dos seus 1.117 rótulos de cachaça, tem uma ampla variedade de acepipes em seu cardápio. A casa da Barra Funda está fechada até quinta-feira, mas de sexta a domingo estará aberta para mandar cachaça e comida boa para os lares paulistanos. Os telefones para pedidos são 99173-2213 (WhatsApp), 3668-6622 e 3666-8200. 

Aliás, o site da Rota já vale por uma visita virtual à casa, com cardápio, carta de cachaça e tudo mais. Cheque aqui.

Além do delivery, Luisa Saliba está fazendo distribuição de alimentos para a população vulnerável do entorno de seu restaurante.

Ela envia uma receita do seu delicioso pastel temperado pela boa cachaça das Minas Gerais. Desfrute, com uma cachaça branca, em inox, jequitibá ou amendoim.

Massa

Ingredientes:

– 480 gramas de farinha de trigo
– 2 colheres de sopa de óleo
– 1 copo americano de água morna

– 2 colheres de chá de sal

Preparo:

Misture primeira a farinha e o sal. Depois, você vai acrescentar os líquidos e misturar bastante, até obter uma massa lisa. Deixe descansar por pelo menos meia hora. Depois, abra em pedaços com um rolo até atingir uma espessura fina. Corte com o auxílio de um molde ou improvise com uma xícara ou pote redondo.

Recheio:

– 200 gramas de camarão fresco limpo

– Sal

– Coentro

– 30 ml de Cachaça Maria Bonita

– Um dente de alho

Coloque o camarão com o coentro, o sal e o alho (que é opcional) no fogo por dois ou três minutos. Acrescente a cachaça e flambe (se não tiver a Maria Bonita, use alguma outra boa cachaça branca). Quando o fogo se extinguir, retire do fogo, regue com um fio de azeite e recheie os pastéis, fechando-os com cuidado. Frite em óleo quente.

Compre aqui a sua Cachaça Maria Bonita.

Pudim de cachaça do Devotos

Após os petiscos preparados com cachaça, temos também o pudim saído da cozinha experimental do Devotos é a versão cachaceira de um clássico da doçaria brasileira. A cachaça usada foi a Matriarca Umburana, que deixou um lindo aroma no preparo e no prato.

Ingredientes:

– 1 lata ou caixa de leite condensado

– 1 lata e meia de leite

½ lata de creme de leite

– 3 ovos

– 1 e ½ xícara de açúcar

¾ de xícara de água

– ¼ xícara de cachaça armazenada em umburana

Coloque o leite condensado, leite e creme de leite no liquidificador. Agregue os ovos. Bata por 3 minutos.

Enquanto isso, numa panela pequena, coloque o açúcar, Em outra panela, coloque a água para ferver (use o dobro da medida da receita, porque poderá ser necessário agregar um pouco mais de água à calda).

Leve o açúcar ao fogo baixo, mexendo sem parar, para que pegue uma leve corzinha, sem queimar. Acrescente a água aos poucos sem parar de mexer, com o fogo baixo ou até fora do fogo, se necessário. Deixe ferver por mais um ou dois minutos, mexendo sempre. Agregue a cachaça e acerte o ponto, fervendo por mais um minuto.

Espalhe a calda pela forma do pudim. Despeje a massa com cuidado e asse em banho-maria por cerca de 40 minutos em forno médio.

Deixe esfriar, desenforme e sinta a magia da umburana misturada ao caramelo e ao leite. Nessa receita, utilizei a Cachaça Porto da Pedra.

Harmonize com uma boa cachaça em carvalho americano. Eu fui de Gouveia Brasil 44.

Onde comprar cachaça no período de isolamento e receber em casa? Descubra aqui.

 

Um comentário

  1. Rosane corrêa ferreira

    Vou fazer os três!!!! Parabéns aos Devotos e às queridas Elaine Rabello e Luísa Saliba, duas fadas do mundo da Cachaça!!!
    Em breve,
    Unidos bebermos!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair