google-site-verification: googlea7d345fe9e2e3355.html
Inicio / Direto do Alambique / Resultado do Ranking Cúpula da Cachaça: conheça as melhores do ano

Resultado do Ranking Cúpula da Cachaça: conheça as melhores do ano

E saiu o tão esperado resultado do Ranking Cúpula da Cachaça, completando assim a quarta edição do principal concurso de bebidas do país.

Como já era previsto foi um resultado apertado, muitas vezes decidido nos décimos, já que as cachaças que disputaram os primeiros lugares estavam muitíssimo parelhas, exigindo que os cúpulos – entre os quais esse editor que vos fala – se apegassem a detalhes mínimos para conferir notas um pouco maiores ou menores para cada uma das 50 maravilhas que nos foram apresentadas. Muitas vezes, precisamos apelar para as casas decimais para estabelecer alguma diferença de pontuação mínima.

E vamos às campeãs. Na categoria Branca (Inox), a vencedora foi a Cachaça T, de Aiuruoca (MG), essa maravilha de pureza e sabor nascida no alto da serra.

Leia mais sobre a Tiê na seção Cachaças de A a Z

Compre aqui a Cachaça Tiê.

Na categoria Armazenadas/Envelhecidas, a mais disputada já que contava com 31 competidores, a grande vencedora foi a eleganíssima Leblon Signature Merlet, de Patos (MG).

Compre aqui a Cachaça Leblon Signature Merlet.

E na categoria Premium/Extra Premium, que compreende apenas as bebidas compostas por 100% de cachaça envelhecida em barris de até 700 litros por pelo menos um ano, a grande campeã foi a Companheira Envelhecida 8 Anos, de Jandaia do Sul (PR).

Compre aqui a Companheira 8 Anos.

Como foi a cachaça que recebeu a maior pontuação entre todas as concorrentes – 90,63 pontos –, a Companheira também leva para o Paraná o título de Cachaça do Ano. É a segunda vez, aliás, que o título vai para o estado, já que a Cachaça do Ano em 2016 foi a Porto Morretes.

Entre as 50 finalistas dessa quarta edição do Ranking estiveram representados 11 estados, formando uma miríade de sabores a desafiar as papilas gustativas dos cúpulos.

A degustação às cegas – última fase do concurso que teve início em 13 de setembro do ano passado – ocorreu na Cachaçaria Macaúva, em Analândia (SP) na sexta-feira e no sábado passados (5/3 e 6/3). Após as degustações, o resultado passou por um tratamento estatístico, elimando eventuais disparidades.

As cachaças foram identificadas unicamente com um número aleatório e foram avaliadas pelo visual, aromas, sabores e personalidade.

Antes de chegar à fase final e ao resultado do Ranking Cúpula da Cachaça, o concurso passou por duas fases. Na primeira, 33 mil eleitores escolheram, em votação aberta ao público em geral, entre todas as cachaças legalizadas à venda no mercado, as 250 Cachaças Mais Queridas do Brasil.

A seguir, essas cachaças foram filtradas por um painel de 52 especialistas, que definiram as finalistas.

Para os cúpulos, nos sobrou a tão prazerosa quanto difícil tarefa de ranquear as 50 cachaças. O amigo devoto pode ter a certeza: não foi fácil, mas foi a melhor degustação da qual esse cúpulo aqui já participou. Que venha 2022!

Vamos ao resultado completo. As cachaças em negrito estão linkadas para o Cachaça Express, onde você pode adquiri-las, com entrega em todo o Brasil.

Resultado do Ranking Cúpula da Cachaça – quarta edição

 Categoria Inox
1º – Tiê Prata – Aiuruoca/MG – 72,74 pontos
2º – Bem Me Quer Prata – Pitangui/MG – 69,89 pontos
3º – Sanhaçu Origem – Chã Grande/PE – 69,33 pontos
4º – Colombina Cristal – Alvinópolis/MG – 69,21 pontos
5º – Século XVIII (Rótulo Azul) – Cel. Xavier Chaves/MG – 68,79 pontos
6º – Santo Grau Coronel Xavier Chaves – Cel. Xavier Chaves/MG – 68,71 pontos
7º – Caialua Prata – Formosa/GO – 68,65 pontos
8º – Princesa Isabel Prata – Linhares/ES – 66,50 pontos

Categoria Armazenada/Envelhecida
1º – Leblon Signature Merlet – Patos de Minas/MG – 85,74 pontos
2º – Middas Reserva dos Proprietários – Adamantina/SP – 84,46 pontos
3º – Do Anjo – Santa Rita de Caldas/MG – 83,28 pontos
4º – Canarinha – Salinas/MG – 83,25 pontos
5º – Mineiriana Envelhecida Carvalho – Itabira/MG – 82,34 pontos
6º – Leandro Batista – Ivoti/RS – 81,58 pontos
7º – Weber Haus 7 Madeiras – Ivoti/RS – 81,29 pontos
8º – Amada Grápia – Dias D’Ávila/BA – 80,84 pontos
9º – Dom Bré Amburana – Guarani/MG – 80,76 pontos
10º – Unna – Salinas/MG – 80,67 pontos
11º – Pardin 3 Madeiras – Natividade da Serra/SP – 80,60 pontos
12º – Anisio Santiago / Havana – Salinas/MG – 79,50 pontos
13º – 1000 Montes 3AOB – Faria Lemos/MG – 79,41 pontos
14º – Princesa Isabel Ouro – Linhares/ES – 79,26 pontos
15º – Claudionor – Januária/MG – 79,02 pontos
16º – Bem Me Quer Ouro – Pitangui/MG – 77,50 pontos
17º – Volúpia Diamante – Alagoa Grande/PB – 77,24 pontos
18º – Matriarca Jaqueira – Caravelas/BA – 76,21 pontos
19º – Sebastiana Castanheira – Américo Brasiliense/SP – 75,54 pontos
20º – Mato Dentro Prata – São Luiz do Paraitinga/SP – 75,42 pontos
21º – Matriarca Blend 4 Madeiras – Caravelas/BA – 75,26 pontos
22º – Gogó da Ema Sublime – São Sebastião/AL – 74,66 pontos
23º – Colombina 10 Anos – Alvinópolis/MG – 74,29 pontos
24º – Wiba! Blend de Carvalhos – Torre de Pedra/SP – 74,05 pontos
25º – Soledade Ipê – Nova Friburgo/RJ – 73,71 pontos
26º – Werneck Reserva Especial – Rio das Flores/RJ – 70,91 pontos
27º – Sanhaçu Freijó – Chã Grande/PE – 70,37 pontos
28º – Engenho São Luiz Amendoim – Lençóis Paulista/SP – 69,48 pontos
29º – Coqueiro Prata – Paraty/RJ – 66,39 pontos
30º – Santo Grau P.X. – Itirapuã/SP – 60,13 pontos
31º – Princesa Isabel Aquarela – Linhares/ES – 59,35 pontos

Categoria Premium/Extra Premium
1º – Companheira Envelhecida 8 Anos – Jandaia do Sul/PR – 90,63 pontos
2º – Caraçuipe Extra Premium – Campo Grande/AL – 90,09 pontos
3º – Sapucaia 18 Anos – Pirassununga/SP – 85,47 pontos
4º – Dom Bré Extra Premium Carvalho – Guarani/MG – 85,07 pontos
5º – Casa Bucco Extra Premium – Bento Gonçalves/RS – 82,80 pontos
6º – Magnífica Reserva Soleira – Miguel Pereira/RJ – 82,18 pontos

7º – Vecchio Albano Extra Premium – Torrinha/SP – 82,00 pontos
8º – Sebastiana Carvalho Single Barrel – Américo Brasiliense/SP – 80,98 pontos
9º – Engenho São Luiz Extra Premium – Lençóis Paulista/SP – 80,36 pontos
10º – Sebastiana 2 Barricas – Américo Brasiliense/SP – 78,17 pontos
11º – Weber Haus Extra Premium 6 Anos – Ivoti/RS – 73,39 pontos

Inscreva-se na nossa newsletter e receba as novidades do Devotos no seu e-mail. Clique aqui

Selo do Ranking

Esse ano, pela primeira vez, o Ranking Cúpula da Cachaça terá um selo oficial que poderá ser usado pelas 50 cachaças finalistas. As regras para o uso do selo serão conhecidas no início da próxima semana.

O selo, que ficou bonito e elegante, nas cores ouro e negro, foi desenhado pelo desgner Sidney Ferreira, editor de arte da Cachaça em Revista, a publicação anual da Cúpula da Cachaça, que, aliás, terá sua oitava edição lançada em junho próximo.

Para recordar o resultado do III Ranking Cúpula da Cachaça, clique aqui.

Mais notícias sobre cachaça, clique aqui.

Por Dirley Fernandes

Vista a camisa do Devotos

Vá a nossa loja e encomende a sua camiseta do Devotos da Cachaça. Assim, você vai estar nos ajudando a levar mais informação sobre cachaça para o Brasil e o mundo. Clique no link.

2 Comentários

  1. Jose Sergio Souza Nascimento

    A cachaça Leandro Batista é uma das melhores cachaça do Brasil

  2. Muitas novidades nesta edição do ranking. A Companheira que esteve entre as 3 melhores nos último anos mereceu esta colocação.
    Faltam muitos rótulos, mas como são menos conhecidos, não passam para as outras fases por não ter votações públicas suficientes.
    Gostaria de ter uma categoria para cachaças menos conhecidas em outra edição do ranking. Um brinde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair