google-site-verification: googlea7d345fe9e2e3355.html
Inicio / Direto do Alambique / As 50 melhores do IV Ranking Cúpula da Cachaça: saiu a lista (e está linda)
ranking cúpula da cachaça
Foto: Mateus Verzola

As 50 melhores do IV Ranking Cúpula da Cachaça: saiu a lista (e está linda)

Sim, algumas surpresas na lista das 50 melhores cachaças do IV Ranking Cúpula da Cachaça – as finalistas que irão para a degustação às cegas. Cachaças que moram em nosso coração que não ficaram entre as 50 favoritas dos especialistas e outras que não costumam estar entre as top do Brasil e agradaram em cheio aos jurados. E isso é muito bom. No todo, uma lista linda, que representa a produção brasileira, com cachaças de 11 estados e dos mais variados sabores.

Sem mais delongas, aí está a Seleção dos Especialistas, com as 50 melhores cachaças do ano.

50 Cachaças finalistas do IV Ranking Cúpula da Cachaça

1000 MONTES 3 AOB Faria Lemos-MG
AMADA Dias D’Ávila – BA
ANÍSIO SANTIAGO/ HAVANA Salinas – MG
BEM ME QUER OURO Pitangui – MG
BEM ME QUER PRATA Pitangui – MG
CAIALUA PRATA Formosa – GO
CANARINHA Salinas – MG
CARAÇUIPE EXTRA PREMIUM Campo Alegre – AL
CASA BUCCO EXTRA PREMIUM VI Bento Gonçalves – RS
CLAUDIONOR Januária – MG
COLOMBINA 10 ANOS Alvinópolis – MG
COLOMBINA CRISTAL Alvinópolis – MG
COMPANHEIRA ENVELHECIDA 8 ANOS Jandaia do Sul – PR
COQUEIRO PRATA Paraty – RJ
DO ANJO Santa Rita de Caldas – MG
DOM BRÉ PREMIUM AMBURANA Guarani – MG
DOM BRÉ EXTRA PREMIUM CARVALHO Guarani – MG
ENGENHO SÃO LUIZ AMENDOIM Lençóis Paulistas – SP
ENGENHO SÃO LUIZ PREMIUM CARVALHO Lençóis Paulistas – SP
GOGÓ DA EMA SUBLIME São Sebastião – AL
LEANDRO BATISTA Ivoti – RS
LEBLON SIGNATURE MERLET Patos – MG
MAGNÍFICA RESERVA SOLEIRA Miguel Pereira – RJ
MATO DENTRO PRATA São Luiz do Paraitinga – SP
MATRIARCA BLEND 4 MADEIRAS Caravelas – BA
MATRIARCA JAQUEIRA Caravelas – BA
MIDDAS RESERVA DOS PROPRIETÁRIOS Adamantina – SP
MINEIRIANA CARVALHO 40% Itabira – MG
PARDIN 3 MADEIRAS Natividade da Serra – SP
PRINCESA ISABEL AQUARELA Linhares – ES
PRINCESA ISABEL OURO Linhares – ES
PRINCESA ISABEL PRATA Linhares – ES
SANHAÇU FREIJÓ Chã Grande – PE
SANHAÇU ORIGEM Chã Grande – PE
SANTO GRAU CORONEL XAVIER CHAVES Cel. Xavier Chaves – MG
SANTO GRAU P.X. Itirapuã – SP
SAPUCAIA 18 ANOS Pirassununga – SP
SEBASTIANA 2 BARRICAS Américo Brasiliense – SP
SEBASTIANA CARVALHO SINGLE BARREL Américo Brasiliense – SP
SEBASTIANA CASTANHEIRA Américo Brasiliense – SP
SÉCULO XVIII (RÓTULO AZUL) Cel. Xavier Chaves – MG
SOLEDADE IPÊ Nova Friburgo – RJ
TIÊ PRATA Aiuruoca – MG
UNNA Salinas – MG
VECCHIO ALBANO EXTRA PREMIUM Torrinha – SP
VOLÚPIA DIAMANTE Alagoa Grande – PB
WEBER HAUS 7 MADEIRAS Ivoti – RS
WEBER HAUS EXTRA PREMIUM 6 ANOS Ivoti – RS
WERNECK RESERVA ESPECIAL Rio das Flores – RJ
WIBA! BLEND DE CARVALHOS Torre de Pedra – SP

 

Agora, as 50 cachaças da Seleção dos Especialistas serão degustadas pelos 12 integrantes da Cúpula da Cachaça – entre os quais o editor do Devotos da Cachaça, Dirley Fernandes – nos dias 6, 7 e 8 de março.

A novidade dessa edição é a divisão da premiação em três categorias:

a) cachaças que não passam por madeira;

b) cachaças armazenadas e envelhecidas

c) cachaças premium e extra-premium.

As 50 melhores cachaças do ano serão divididas pelas categorias e ranqueadas dentro do seu conjunto. A cachaça que receber maior pontuação, independente da categoria, receberá o título de Cachaça do Ano.

Para recordar o resultado do III Ranking Cúpula da Cachaça, clique aqui.

Mais notícias sobre cachaça, clique aqui.

Vista a camisa do Devotos

Vá a nossa loja e encomende a sua camiseta do Devotos da Cachaça. Assim, você vai estar nos ajudando a levar mais informação sobre cachaça para o Brasil e o mundo. Clique no link.

17 Comentários

  1. Rodolfo Luiz Aquino Hauck

    As cachaças Colombina são simplesmente fantásticas.

  2. Leandro A. Oliveira

    Mas que seleção boa hein…👍👍👍

  3. São realmente deliciosas. Um prazer em saborear

  4. Me explica qual motivo no qual não tem uma cachaça da Santa Terezinha, as cachaças Três Madeiras e a Crafted são de excelente qualide, perdi um pouco da confiança desses jurados .

  5. Gostei da Seleção ,muita cachaça boa, com algumas novidades que ainda não experimentei mas vou procurar Degustar e algumas surpresas ,faltou duas cachaças que não podiam ficar de fora

  6. Na minha opinião, teria que se criar um critério do tipo “as três primeiras colocadas no ranking anterior estarão entre as 250 automaticamente, independente de votação popular”. Digo isso pois, a Vale Verde 12 anos, que já foi bicampeã não pode defender seu título. Se parar para pensar isso é um absurdo, pois não tem condição da eleita melhor cachaça de 2018 não estar nem entre as 250 de 2020.
    Deixo aqui essa sugestão.

    • Dirley Fernandes

      Thiago, no conceito do Ranking, a Votação Popular e a Seleção dos Especialistas são soberanas. O mercado muda com muita rapidez e o Ranking pretende refletir essas tendências. E o Ranking é ainda um indicativo para as marcas entenderem melhor como estão posicionadas. Assim, não faria sentido haver algum tipo de pré-classificação baseada em resultados de anos anteriores.

  7. Luiz Mario de Azevedo Ramos

    Fantástico.

  8. Deve ter algo errado neste critério de avaliação pois os dois grandes mestres das cachaças Armando Del Bianco e Adwalter Menegatti não estão nesta lista!!!

  9. Joao mauro menezes

    Realmente, a CAIALUA PRATA merece estar neste ranking. Ela é muito boa e agradavel de se tomar. Da para sentir que é uma cachaca feita artesanalmente e com muito carinho e cuidado.

  10. Pois, mesmo no meio de tanta cachaça boa estranhei não ter nenhum rótulo da excelente cachaçaria Rech Sacca de Luiz Alves Santa Catarina, ou a Cachaça do Conde de Orleans, que são ovacionadas em todas as degustações que entram…

  11. OTAVIO RIBEIRO CHAVES

    Faltou a cachaça Jibóia do Acre. Mas as.outras também são muito boas.

  12. faltou a cachaça Nobre, paraibana de Joao Pessoa!!!
    Simplesmente um ouro da nova produção nacional!!!!

  13. Falta nesta lista a Pinissilina de Canta Galo/MG, uma excelente cachaça fabricada há mais de 50 anos.

  14. Em relação ao comentário do Dirley sobre o ponto apresentado pelo Thiago M., pode-se inferir que a Vale Verde perdeu qualidade nesse período? Ou perdeu seus consumidores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair