google-site-verification: googlea7d345fe9e2e3355.html
Inicio / Destaques / Seu Rômulo, da Cachaça Mato Dentro – 1925-2019
Proprietário da Cachaça Mato Dentro

Seu Rômulo, da Cachaça Mato Dentro – 1925-2019

A Cachaça perdeu nessa quinta-feira, Manoel Rômulo Cembranelli, fundador da tradicional Cachaça Mato Dentro, de São Luiz do Paraitinga (SP). Seu Rômulo morreu aos 94 anos, de causas naturais.

Uma das figuras mais queridas e respeitadas do mundo da cachaça, Seu Rômulo, que foi contador e advogado, começou a pensar em produzir cachaça na década de 1970, após ter comprado as terras onde até hoje está o alambique, na histórica cidade do Vale do Paraíba.

Grande conversador, ele queria antes de tudo agradar às pessoas próximas com a bebida. “Eu queria fazer um produto de qualidade, para os amigos. Não queria fazer uma pinga, mas uma cachaça especial para os amigos”, contou ele, em vídeo gravado por familiares.

Para isso, ele procurou ajuda com o professor Fernando Valadares, da Esalq, que se juntou ao projeto convencido de que a intenção era produzir com qualidade e que atuaria como consultor da Mato Dentro por muitos anos.

Com o tempo, a Cachaça Mato Dentro, com seus aromas intensos e sabor suave e adocicado, conquistou uma legião de admiradores e muitos prêmios, tornando-se uma cachaça icônica.

Seu Rômulo deixa a esposa Aparecida, os filhos Silvio, Ana e Mariangela, além de seis netos e sete bisnetos. Com prole tão numerosa, a Cachaça Mato Dentro tem futuro garantido por mais algumas décadas, para alegria dos devotos.

O empreendimento segue em frente sob o comando do filho Silvio e do neto Daniel. “O grande sonho de meu avô sempre foi a Mato Dentro. E foi ela que o manteve vivo por todo esse tempo. E nós vamos seguir adiante com esse sonho”, disse Daniel ao Devotos.

E os devotos agradecem, já que a cachaça do Seu Rômulo virou a de todos os que apreciamos uma cachaça que tenha o amor por princípio, o trabalho por base e a qualidade por fim. Um brinde ao Seu Rômulo!

A Cachaça Mato Dentro está na seção Cachaças de A a Z do Devotos. Confira!

4 Comentários

  1. Tive a honra e o prazer de conhecer seu Rômulo e ver a sua alegria em contar causos e mostrar a sua jóia rara a Cachaça Mato Dentro. Já estamos saudosos.

  2. Meus sentimentos a todos os familiares pois ele foi muito importante em minha vida e da minha família. A todos desejo força neste momento doloroso. Não pude ter ido, pois quando soube era tarde.

  3. Tive o prazer de conhecê-lo ano passado quando visitei o alambique.
    Seu Rômulo conseguiu transformar a visita que fiz em um show com os “causos” contado por ele.
    Não consegui voltar nesse ano, infelizmente.
    Ele, com certeza, vai deixar muita saudade.

  4. Lamento sua passagem. Deus abençoe todos os familiares. Nos veremos em algum lugar. Carlos Callegario.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair