fbpx
Inicio / Destaques / Cachaça Samanaú participa de Feira na China

Cachaça Samanaú participa de Feira na China

Uma cachaça potiguar está embarcando essa semana para a China. A Cachaça Samanaú, de Caicó, vai participar da 24ª edição da Feira Internacional de Macau (MIF PLPEX19), na China, compondo o pavilhão dedicado a países de língua portuguesa.

A Feira Internacional de Macau é um evento estrategicamente importante para quem quer fazer negócios na China, já que a ex-colônia portuguesa funciona como uma plataforma para levar produtos a toda uma região de forte desenvolvimento econômico, que compreende Hong Kong e a região do Delta do Rio das Pérolas, onde estão cidades como Cantão e Shenzen.

Cachaça Samanaú, do Rio Grande do Norte

Estão embarcando para a China as versões Prata, Envelhecida (carvalho) e Ouro (louro-canela) da Cachaça Samanaú, que produz em torno de 80 mil litros por ano no Sertão do Seridó. Os alambiques começaram a produção em 2004, sob o comando do empresário Vidalvo Dadá Costa.

“Participar da feira internacional de Macau representa uma nova porta que se abre para o setor brasileiro de destilados”, comemora Pedro Melo Jr. Ele é o CEO da Brascase Brasil, uma empresa especializada em comércio internacional que firmou em outubro de 2018 um acordo com a Cachaça Samanaú para trabalhar a marca junto ao mercado externo, em especial o europeu.

Cachaça Samanaú é orgânica

“O fato de a Samanaú ser um cachaça orgânica foi um dos fatores que levaram a Brascase a propor a parceria”, diz Melo Jr.  “A seleção de empresas certificadas para trabalhar com produtos orgânicos foi um dos nossos focos”.

Com o tempo, no entanto, a Brascase percebeu a necessidade e oportunidade de trabalhar a marca também no mercado interno. A valorização da marca no mercado interno funcionaria como um drive para o crescimento no exterior.

“Nosso foco é a construção de imagem da marca. Fazemos a prospecção de feiras e eventos para divulgação da Cachaça Samanaú. E estamos trabalhando a distribuição nacional, exceto para o Rio Grande do Norte, onde a Samanaú já é bem atendida”, explica Melo Jr.

A Brascase Brasil, sediada em São Paulo e com escritório em Lisboa, atua com consultoria, assessoria cambial, comércio exterior, importação e exportação desde 1987. A Cachaça Samanaú é a primeira investida da companhia no setor de cachaças.  “Percebemos o potencial, com o posicionamento de uma cachaça premium”, diz Melo Jr., quer levar a Samanaú “para os cinco continentes”.  “Ela precisa ser apresentada e reconhecida aqui e lá fora, com todas as qualidades e possibilidades que tem para ser uma marca global. Estamos investindo em ações de promoção, eventos, feiras, tratando-a como um produto ‘triplo A’, como já foi reconhecida em concursos nos Estados Unidos e Europa”.

Leia mais notícias sobre cachaça clicando aqui.

Por Dirley Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair