google-site-verification: googlea7d345fe9e2e3355.html
Inicio / Cachaças de A a Z / Santo Grau Reserva: novas cachaças de origens nobres

Santo Grau Reserva: novas cachaças de origens nobres

Santo Grau Reserva Velha Guarda é o nome da nova linha de cachaças da Santo Grau, marca que tem um modelo único de atuação no mercado. As novas cachaças que compõem o portofólio são a Santo Grau Reserva Itirapuã e a Santo Grau Reserva Paraty.

Garrafas da Santo grau reservaO que caracteriza a nova linha é o fato de serem cachaças envelhecidas. A marca já tem a linha Raras, com a Solera Pedro Ximenes e a Solera Cinco Botas, que são cachaças maturadas em barris vindos da Espanha. Já as duas integrantes da linha Cachaça Santo Grau Reserva têm envelhecimento mais tradicional.

A Santo Grau Reserva Itirapuã é produzida, claro, em Itirapuã, município paulista da região da Alta Mogiana, mais exatamente no Engenho Barra Grande. A fazenda tem 150 anos de história na produção de cachaça e a marca própria Cachaça Barra Grande.

A Santo Grau Reserva Itirapuã é um blend de cachaças envelhecidas em carvalho francês e cachaças que passam por tonéis antes utilizados para o envelhecimento de xerez.

A Santo Grau Reserva Paraty, por sua vez, é envelhecida em barris de carvalho francês próximo ao mar, na adega da Fazenda Cabral, onde a família Mello mantém sua tradição de produção iniciada no século XVIII. Eles são os produtores também da Cachaça Coqueiro.

Santo Grau

A fórmula de sucesso da Santo Grau, marca da empresa Natique, que é, desde 2013, parte da espanhola Osborne, é um achado: desde o escritório de São Paulo, a companhia cuida da distribuição, marketing, vendas e tudo o mais que envolve o negócio da cachaça. São especialmente craques na distribuição, amparados por um porftfólio que vai além da cachaça.

No entanto, o conteúdo das garrafas – a cachaça, propriamente, dira – está sob a responsabilidade de produtores tradicionais, que utilizam os métodos praticados desde sempre. A empresa só interfere apoiando os empreendedores, quando, por exemplo, é necessária alguma adequação no processo.

Além dos Mello, de Paraty, e do Maurilio Cristofani, de Barra Grande, a empresa também é parceira dos Chaves, de Coronel Xavier Chaves, produtores da excelente Século XVIII e da Santo Grau Coronel Xavier Chaves. Outras duas marcas, Saliníssima e Espírito de Minas, enriquecem o portfólio de cachaças da empresa.

Mas, vamos às novas cachaças.

Santo Grau Reserva Paraty

A Santo Grau Reserva Paraty é uma cachaça que não renega a origem. Produzida por especialistas em cachaça branca, ela não é um “carvalhão” tradicional – para isso, aliás, a Natique já tem a Espírito de Minas. É cachaça que, apesar de maturada em barris de carvalho francês de 240 litros, mantém um espírito de frescor e, com isso, uma identidade diferenciada.

A cor é algo entre o palha e um leve dourado, atestando uma maturação mais breve. A densidade é perceptível visualmente, com grossas lágrimas escorrendo lentamente pela taça enquanto um intenso perfume se espalha pela sala, lembrando frutas maduras, mas com um frescor de azeitonas e ervas.

A cachaça tem 41% de graduação alcoólica. Mantém a pegada típica de seus produtores, viva e agreste, juntando um tom contidamente adocicado com uma picância acentuada no final, em registro típico de uma tradicional cachaça paratiense.

Santo Grau Reserva Itirapuã

O que mais chama a atenção na Santo Grau Reserva Itirapuã é o toque marcante do defumado – que já existia na Santo Grau PX, porém de forma bem mais discreta. É a marca distintiva dessa cachaça com blend tão particular (sherry oak e carvalho francês).

A cor é, como a colega de coleção, apenas levemente dourada. No olfato, predomina o registro herbal. Já na boca, o defumado ressalta de pronto, mas há espaço para outros registros. O corpo é médio e a graduação alcoólica é de 41%.

É cachaça que desce aveludada, fácil, adocicada, de acidez quase imperceptível – um produto de caráter muito próprio, que ganha frescor ao formar um par com um salame de primeira linha.

Ambas as cachaças podem ser encontradas aqui na Cachaçaria Nacional por preços em torno de R$ 90.

Tem muito mais cachaça boa na seção Cachaças de A a Z. Clique aqui para degustar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair