fbpx
Inicio / Destaques / Cacharitiba: vai começar a festa da cachaça no Paraná, com ótima programação

Cacharitiba: vai começar a festa da cachaça no Paraná, com ótima programação

E chegou a grande data para os devotos da cachaça paranaenses: o Cacharitba – Degustar Cultura, Construir Conhecimento chega à oitava edição na próxima quinta-feira (3 de outubro). A festa, que se realiza no Mercado Municipal de Curitiba, vai até domingo (6 de outubro), com uma programação cheia de atrações.

A principal atração, claro, é a Vitrine da Cachaça, espaço de exposição do evento, que vai contar este ano com23 produtores de diversas regiões – a exemplo dos mineiros da Cachaça Chico Mineiro, Cachaça Excelência, Prosa Mineira e Cachaça Colombina; os gaúchos da Bento Albino, Weber Haus, Velho Alambique e Casa Bucco; os baianos da Matriarca e os locais, como a Porto Morretes e a Cachaça Bassi. Time de primeira! Eles estarão apresentando mais de cem cachaças e variantes para os visitantes degustarem e levarem para casa.

Cachaça no Mercado MunicipalA grande novidade do ano, no entanto, promete ser o Circuito de Harmonização de Cachaças, que envolverá seis lojistas do Mercado. Os visitantes do Cacharitiba poderão degustar as cachaças nas lojas, com o acompanhamento luxuoso de produtos de qualidade comercializados naquele centro comercial – que, aliás, é repleto de coisas boas.

Quem finalizar o percurso – que é totalmente gratuito – pelas seis lojas ainda ganha um presente exclusivo da Cachaçaria Vô Milano. Bom demais, não?

Cachaçaria Vô Milano

A Vô Milano, aliás, é uma loja de cachaça das mais interessantes, com produtos de qualidade de diversas procedências e até rótulos próprios de alto nível. Mesmo para quem tenha a adega de cachaças mais completa, haverá por ali uma cachaça de primeira linha que mereça a atenção.

A cachaçaria merece ainda mais o prestígio do devoto por ser a idealizadora e promotora do Cacharitiba, que tem ajudado a impulsionar a valorização da cachaça no Paraná e ganha importância a caada ano.

O Estado do Paraná, diga-se, produz muita cachaça boa, mas os dados de mecanismos de busca mostram que o interesse pelo nosso destilado ainda precisa ser muito trabalhado por lá. Os esforços do Heric Girardello, da Vô Milano, e do Orlando Regui, do espaço Regui Brasil, entre outros ativistas da cachaça, aos poucos começam a mudar esse quadro.

Coquetéis e palestras

A coquetelaria também vai ter vez no Cacharitiba, bem como a gastronomia. Além da degustação de drinques com cachaça, chefs como Celso Freire, Délio Canabrava e de Sérgio Medeiros vão preparar pratos em que a cachaça é um dos ingredientes. Já o Senac promoverá workshops focados na culinária utilizando o nosso destilado. Vai ter carne de onça!

O presidente da Cúpula da Cachaça e colunista do Devotos, Manoel Agostinho Lima Novo, é um dos palestrantes do evento. No sábado, ele falará sobre os diferentes tipos de cachaças comercializadas no país.

Os organizadores destacam que o mote dessa oitava edição do Cacharitiba é ressaltar o valor da cachaça na história brasileira. Eliana Girardello, sommelier de cachaça que está à frente da organização acredita que iniciativa ajuda a quebrar os preconceitos. “Ano a ano estamos trabalhando essa ideia… Por meio de movimentos em prol da cachaça como o Cacharitiba podemos aprender a degustar e desenvolver um paladar para o consumo da bebida”.

Serviço

Local | Mercado Municipal de Curitiba
Avenida Sete de Setembro, 1865 – Centro
Dias | 03 a 06 de outubro de 2019
Entrada Franca
Mais informações: www.cacharitiba.com.br

Leia mais sobre a Cacharitiba aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Devotos em seu e-mail

Pular para a barra de ferramentas Sair