Inicio / Destaques / Ypióca lidera a lista das cachaças premiadas em Berlim

Ypióca lidera a lista das cachaças premiadas em Berlim

cachaça Ypióca 150A representação do Brasil na quinta edição do Berlin International Spirits Competition, que aconteceu em 4 de março, teve como grande destaque a Cachaça Ypióca.

A marca de origem cearense, hoje controlada pela multinacional Diageo, fez bonito. Duas de suas bebidas levaram a medalha de ouro, a mais importante da competição: a cachaça Ypióca 150 Anos (blend de bálsamo e carvalho) e a Ypióca 160 Anos, excelente aguardente composta com malte.

A Ypióca ainda faturou o prêmio de Destilaria do Ano e a medalha de bronze para a Ypióca Cinco Chaves e a tradicionalíssima, porém renovada Ypióca Ouro.

Mas teve mais cachaças premiadas. Também fizeram bela figura a Tiê Prata (Aiuruoca-MG), adicionando mais uma medalha à sua já extensa coleção, ao puxar o bloco das três cachaças que voltaram com a prata em Berlim. As outras duas são a paulista Catarina Única, de Dracena, belo exemplar de single barrel nacional, e a Gogó da Ema Reserva Especial, blend de jequitibá rosa e bálsamo gestado em São Sebastião (AL).

Os alagoanos também levaram o bronze pela Gogó da Ema Nox, a branquinha da linha.

O concurso teve mais de 300 destilados inscritos, oriundos de mais de 50 países. Cerca de 200 levaram medalhas para casa. Entre as categorias, os destaques foram os whiskies e os gins.

Na seção Cachaças de A a Z do Devotos falamos mais de duas das cachaças premiadas.

Clique aqui para conhecer os segredos dos muitos prêmios da Tiê Prata.

Entre aqui para uma degustação virtual da Catarina Única.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu

Devotos em seu e-mail