Inicio / Destaques / Viva Cachaça celebra a Mulher em SP – só com (lindas) cachaças produzidas por elas

Viva Cachaça celebra a Mulher em SP – só com (lindas) cachaças produzidas por elas

O Movimento Viva Cachaça, comandado por Bruno Videira, fará a curadoria de cachaças de um evento no sábado e domingo (10 e 11 de março), no Armazém da Cidade (Medeiros de Albuquerque, 270, Vila Madalena), em celebração ao Dia Internacional das Mulheres.

“Reconhecemos o papel fundamental que as mulheres têm desenvolvido no mercado da cachaça – seja a trabalhadora rural do campo, as mestras alambiqueiras, técnicas, especialistas, pesquisadoras, empresárias, e claro, as apreciadoras – que, em toda cadeia produtiva e de consumo, tem se destacado pelo profissionalismo e comprometimento com esse patrimônio brasileiro”, diz Videira, destacando o machismo estrutural e a desconfiança de atuação  em um setor predominantemente masculino.Bandeira Viva Cachaça - 1 m x 06 m

Também  serão apresentados drinques autorais,  elaborados pelas empreendedoras do ComCachaça, projeto que valoriza riquezas nacionais e utiliza a cachaça como um meio de ressaltar os sabores do Brasil, além de posicioná-la em um contexto de sofisticação.

As cachaças escolhidas e suas magníficas produtoras são:

  1. Tiê – prata – Cris Amin – Aiuruoca/MG

  2. Sanhaçu – freijó – Elk Barreto – Chã Grande/PE

  3. Quinta das Castanheiras – amburana e carvalho – Dinah Ribeiro de Paula – Camanducáia/MG

  4. Mineiriana – carvalho – Ana Marta Sátyro – Itabirito/MG

  5. Tiara – blend jequitibá e carvalho – Gabriela Lana – Barra Longa/MG

  6. Bem Me Quer – bálsamo e blend carvalho e bálsamo – Rosana Romano, Camila Romano e Manuela Romano – Pitangui/MG

  7. Maria Izabel – jequitibá – Maria Izabel – Paraty/RJ

O evento tem início às 11h e prossegue até 20h. A entrada é franca e as doses e drinques terão preços femininos (generosos e acolhedores, portanto).

 O Movimento Viva Cachaça acredita na cachaça  viva. Não só por sua origem – orgânica, dinâmica e mutável –, mas por sua força que resiste, como cultura e tradição presentes, movendo-se sempre, seguindo a roda da história.

A liderança é do devoto da cachaça e sommelier de cachaças Bruno Videira, em conjunto com uma equipe multidisciplinar, e tem se dedicado a aproximar os produtores de cachaça aos consumidores.

O ComCachaça, fundado por Deise Barrp, arquiteta por formação e devota da cachaça por paixão, tem a função de impulsionar o consumo consciente da cachaça.

Quer saber mais sobre a Cachaça Tiê e sua produtora Cris Amin? Clique aqui.

Quer passear pelo alambique da Cachaça Maria Izabel, em Paraty, o mais belo do Brasil? Entre aqui.

 

2 Comentários

  1. Sou produtora da cachaça BENTO VELHO . Gostaria de entrar em contacto com o pessoal do VIVA CACHAÇA

    para falar do meu produto, do qual muito me orgulho, eparticipar desse esforço feminino de mostrar nossas habi

    lidades tambem nesse setor.Abraços Aurora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu

Devotos em seu e-mail