Inicio / Destaques / Exportação da Cachaça 51 cresce acima da média do setor

Exportação da Cachaça 51 cresce acima da média do setor

A exportação da Cachaça 51, a marca de bebida destilada brasileira com maior inserção no mercado internacional, cresceu acima da média geral do setor no ano passado. O volume total de cachaça exportada pelo Brasil foi 8,746 milhões de litros (engarrafado e granel), o que representou um crescimento de 4,32% em relação ao ano anterior. Já 0 produto da Companhia Müller de Bebidas apresentou crescimento de 12,76% em comercialização global, chegando a 1,26 milhão de litros, contra 1,1 milhão de litros no ano anterior.

É bom frisar que, em termos de valor das exportações, o crescimento global do país foi mais expressivo (13,4%), comprovando um processo de premiunização também nas exportações (leia sobre isso aqui).cachaça 51 exportação

O mercado que registrou maior crescimento para a Cachaça 51, produzida em Pirassununga, foi o chinês (57%), seguido pela Europa (aumento de 22%) e América do Norte (alta de 14%). Esse último mercado, que se tornou o mais importante para o destilado nacional a partir de 2017, tem visto a entrada e o fortalecimento de uma série de players, sendo o mais promissor e estratégico para o setor como um todo.

De toda forma, para a Cia. Miller, Portugal (onde o domínio da Cachaça 51 é absoluto), Espanha e Estados Unidos seguem sendo os principais destinos das exportações da marca e cada um deles recebeu, no ano passado, mais de 100 mil litros da bebida engarrafados.

Na América do Sul, a 51 Ice (soft drink à base de cachaça) teve crescimento de 44% nos volumes. A linha extra premium Reserva 51 também começou pelo continente a trilhar caminho no mercado externo, com crescimento de 114% de volumes de exportação em comparação com o ano passado.

A Cachaça 51, comercializada em 51 países, é a única marca brasileira entre as 20 maiores do mercado global de destilados e ocupava, em julho do ano passado, o posto de 15ª maior do mundo, com comercialização estimada para o ano de 2016 em 139 milhões de litros, pouco acima do Jack Daniel´s, 16ª da lista. Os números são da ISWR, líder global em pesquisas do setor.

Leia uma análise sobre as exportações brasileiras de cachaça no ano passado aqui

Leia mais sobre a linha Reserva 51 aqui.

Por Dirley Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu

Devotos em seu e-mail