Inicio / Direto do Alambique / Spirits Selection 2017: Brasil tem 21 medalhistas

Spirits Selection 2017: Brasil tem 21 medalhistas

Por Dirley Fernandes

O resultado do Spirits Selection, o mais prestigiado dos certames internacionais de destilados e que é ligado ao Concurso Internacional de Bruxelas, trouxe uma má e uma boa notícia para os produtores de cachaça que enfrentaram os quase 1200 rótulos que participaram do evento.

A má é que nenhum dos destilados brasileiros alcançou a premiação máxima do concurso, a ‘Grand Gold Medal’ (duplo ouro), reservada para destilados com pontuações mais altas, superiores a 90. No resultado, divulgado nessa segunda-feira (04/09), havia entre as bebidas consideradas as 20 melhores do certame seis rótulos de rum, o que fez deste destilado da cana a categoria mais premiada do ano.

Interessante perceber a maciça presença do rum entre os ganhadores do prêmio máximo desse ano, o que pode sinalizar uma evolução no rumo da excelência desse destilado. Em 2016, dos 22 rótulos premiados, apenas um era da categoria.

Para o Brasil, não deixa de ser um revés em relação ao ano passado, quando o país teve dois rótulos na lista das premiações máximas: a excelente Gouveia Brasil Extra Premium e a aguardente composta Ypíóca 160.

Por outro lado, em 2016, o Brasil, no saldo total de medalhas, só levou oito. Esse ano, houve 21 premiados brazucas, inclusive um gim, um bitter e, mais uma vez, a Ypióca 160, deliciosa aguardente composta com malte.

“O concurso esse ano surpreendeu pelo alto nível dos destilados inscritos, vindos dos quatro cantos do mundo, o que tornou a tarefa de julgar mais difícil”, diz Maurício Maia, presidente da Cúpula da Cachaça, que foi a La Serena, no Chile, para ser um dos 66 jurados egressos de 22 países que participaram da degustação às cegas.

De fato, os destilados do concurso chegaram de 54 países. “Por isso, acho que devemos valorizar ainda mais as medalhas conquistadas”, diz Maia.

Entre nossos medalhistas, destaque especial para a Cachaça Paratiana, que abocanhou nada menos do que três medalhas, e para a presença de produtos relativamente recentes no mercado, como a Porto do Vianna, que representou a Gouveia Brasil no concurso, a Werneck Reserva Especial, da casa fluminense Werneck, e a paranaense Serafina, com seu belo rótulo seráfico e seu tom aveludado.

Destaque também, mais uma vez, para o toque de ouro do master blender Armando del Bianco, que elaborou as cachaças Dona Romana, Serafina e Porto do Viana, merecendo mais uma vez o epíteto de Michael Phelps da cachaça, que demos nesse post.

Sem mais delongas, nossas congratulações aos medalhistas, que são:

Ouro:

Spirits Selection 2017

– Brasilberg (Bitter)

– Cachaça Coqueiro Ouro 2014

– Cachaça Coqueiro Prata 2015

– Cachaça Guaraciaba “Premium” 2015

– Cachaça Paratiana Ouro

– Cachaça Paratiana Ouro Extra Premium

– Cachaça Paratiana Prata

– Cachaça Santa Romana Carvalho

– Cachaça Serafina Ouro 2015

– Cachaça Da Quinta Inox

– Cachaça Gogó Da Ema

– Cachaça Heats Brazil

– Cachaça Porto do Vianna

– Sagatiba Cachaça Envelhecida

Prata:

– Cachaça Santo Grau Coronel Xavier Chaves Século XVIII

– Cachaça Werneck Reserva Especial

– Cachaça Dose Clássica Série Cristal 2010

– Heats Brazil Cachaça Ouro

-Jungle Gin (Gin)

– Ypióca 160 (Aguardente composta)

– Ypióca Brasilizar Ouro Reserva Especial

Leia mais sobre a Serafina Ouro e sobre a Werneck Reserva Especial na seção Cachaças de A a Z.

 

3 Comentários

  1. Victor Raul Arevalo Vargas

    ola
    Desde o Acre, um grande apreciador da bebida mas nobre do Brasileiro.
    Abraço

  2. Boa tarde,Dirley !! Você esqueceu de destacar a Guaraciaba Premium, que pela terceira vez é ouro em Bruxelas!! Ouro 2015; Gran ouro 2016 e ouro 2017 e premiada em todas edições da Expocachaça.

  3. Dirley Fernandes,

    Parabéns!
    Que primor de matéria! Adorei…

    E viva as nossas 21 medalhistas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu

Devotos em seu e-mail