Inicio / Direto do Alambique / Em Santa Teresa, no Rio, a cachaça vai te aquecer nesse inverno

Em Santa Teresa, no Rio, a cachaça vai te aquecer nesse inverno

Por Dirley Fernandes

Juntar caldos e cachaças do Rio nos altos de um dos mais charmosos bairros da Cidade Maravilhosa. Essa é a deliciosa proposta do ‘Circuito Ele & Ela – Caldo + Cachaça’, que começou na quinta-feira e vai até 16 de julho. São mais de 10 casas servindo 13 rótulos de cachaças fluminenses, puras ou como base de drinques, como parte de menus criados especialmente para o evento.

O mais importante é que as casas que fazem parte do festival foram capacitadas pelo projeto Embaixadores da Cachaça, iniciativa da Associação dos Produtores e Amigos da Cachaça do Estado do Rio de Janeiro (Apacerj), em parrceria com o Sebrae. Assim, as equipes estarão capacitadas para dar informações sobre o destilado nacional brasileiro, auxiliar nas escolhas e harmonizações e servir a cachaça com correção – o que é tão raro quanto necessário.

O ‘Circuito Ele & Ela’ também é um desdobramento da Lei 7595/17, que determinou que bares e restaurantes do Estado do Rio que tenham cartas de destilados ofereçam pelo menos quatro marcas de cachaças fluminenses.
“Não basta ter os produtos na carta. É preciso elevar a qualidade do serviço da cachaça nos bares e restaurantes, trabalhando para que Santa Teresa se torne um destino referência, onde esse destilado é tratado como um produto gastronômico de origem”, diz Francisco Dantas, empresário e presidente da AmeSanta.

Entre as casas participantes estão os tradicionalíssimos Bar do Marcô, Espírito Santa e o venerando Sobrenatural, além dos deliciosos Café do Alto e Bar do Bonde.

sobrenaturalNo Sobrenatural, por exemplo, casa de frutos do mar, tem caldo de sururu e a riquíssima sopa Leão Veloso. As harmonizações são com alguns dos melhores rótulos de cachaças do Rio: Werneck, Reserva do Nosco, Magnífica e Sete Engenhos. O caldo com uma dose de cachaça sai a R$ 28. A sopa, a R$ 38, incluindo a marvada. Se você quiser também pode beber uma dose de cada – vale muito a pena! – e cada uma sai a R$ 9.

Na página do evento no Facebook, você pode ver outras das excelentes opções. Tudo vale a pena nesse bairro que é um dos mais lindos da cidade e cujo astral, já de costume do alto, sobrenatural, sobe aos píncaros com a ajuda das magníficas, valiosas, sete vezes engenhosas, douradas, reservadas, da quinta dimensão e telúricas tal qual coqueiros em soledade, balouçando sobre pedras brancas paratianas, cachaças da velha província do Rio de Janeiro.

Cachaças participantes: Magnifica, Tellura, Coqueiro, Werneck, 7 Engenhos, Bousquet, Do Vale, Da Quinta, Pedra Branca, Reserva do Nosco, Engenho D’Ouro, Paratiana, Fazenda Soledade, Magnifica, Tellura, Coqueiro, Werneck, 7 Engenhos, Bousquet, Do Vale, Da Quinta, Pedra Branca, Reserva do Nosco, Engenho D’Ouro, Paratiana, Fazenda Soledade

Algumas casas participantes:

BAR DO BONDE (Almirante Alexandrino 1458, Loja E (próximo ao Castelo Valentim).
BAR DO MARCÔ (Almirante Alexandrino 412).
CAFÉ DO ALTO (Pascoal Carlos Magno 143, Largo dos Guimarães).
ESPÍRITO SANTA (Almirante Alexandrino 264)
SOBRENATURAL (Almirante Alexandrino 432)

Página do Circuito Ele & Ela, aqui.

A Engenho d’Ouro já está na nossa seção Cachaças de A a Z, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu

Devotos em seu e-mail