Inicio / Cachaças de A a Z / Rainha do Vale Prata: a mais pura nobreza das Minas

Rainha do Vale Prata: a mais pura nobreza das Minas

rainha-do-vale-1Por Dirley Fernandes

Produzida numa das mais belas regiões de Minas Gerais – o vale do Paraopeba  –, a Rainha do Vale é cachaça das mais conhecidas por todos os devotos do destilado nacional brasileiro. Produzida com o mais absoluto esmero em instalações corretíssimas, é cachaça que se presta muito bem à coquetelaria, mas é pura que ela revela todo o seu esplendor – uma delicada riqueza de aromas e sabores. Não foi à toa que a Rainha do Vale Prata foi a cachaça branca mais bem colocada no I Ranking Cúpula da Cachaça – Safra 2014.

Cachaça com densidade ímpar apesar do teor alcoólico contido (40%), a Rainha do Vale recende a mel e a capim limão. Exala frescor e pureza, quase nos transportando para a Fazenda Gameleira, no município de Belo Vale (MG), a 100 quilômetros de Belo Horizonte. Ali, ela é produzida, sob a cuidadosa batuta dos irmãos Márcio e Tomás Vieira de Moura, com fermento nativo e cana plantada a 200 metros da moenda e descansada em inox.

Os sabores são suaves, sutis, com um leve adocicado de tons mentolados predominando, sem asperezas. O final não é persistente, mas agradável, apascentando a alma de um devoto. Para quem aprecia as cachaças com descanso em madeira neutra ou inox, é difícil definir como menos do que uma benção o prazer proporcionado pela Rainha do Vale Prata.

Ainda há uma vantagem a mais na Rainha do Vale: o preço. Ela é encontrada em embalagens tipo cerveja em pontos de venda como o Supermercado Guanabara, no Rio de Janeiro, a menos de R$ 40. No site Cachaçaria Nacional, a garrafa de 980 ml sai a R$ 54. Veja aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

giay nam depgiay luoi namgiay nam cong sogiay cao got nugiay the thao nu

Devotos em seu e-mail